A Transcomunicação Instrumental

"...Tenha em mente, que quando você se senta para gravar, quem você é e como você é, determinam em grande parte o tipo de espírito que vêm falar."

Trecho do Jornal Trimestral da AA-EVP (American Association of Eletrônic Voice Phenomena), Primavera de 1998, Vol. 17, número 01, capítulo "Semelhante atrai semelhante".(World ITC Association - Mark Macy).

 

A Transcomunicação Instrumental ou TCI é a comunicação com outras dimensões de existência, através de aparelhos eletrônicos, como rádios, telefones, impressoras, faxes, computadores e TVs, gravadores digitais, etc. O termo Transcomunicação Instrumental foi criado, na década de 80, pelo físico e engenheiro alemão Dr. Ernst Senkowski e é a combinação das palavras "Transcendental" (além de) e "Comunicação".
A diferença entre a TCI e os outros tipos de comunicação com o além (psicofonia, psicografia, voz direta, materializações, tiptologia) está no fato de a TCI não necessitar diretamente da presença de um médium para que haja a comunicação. Esta comunicação é feita através dos aparelhos eletrônicos. Embora a presença de um médium não seja essencial para a TCI, consideramos a mediunidade, em qualquer grau, um fator importante que pode ajudar muito nas pesquisas.
Como toda comunicação vinda do além, a iniciativa do contato é dos comunicadores da outra dimensão, que através da intuição, nos direcionam para iniciar os contatos. Nós, encarnados, apenas devemos estar dispostos e preparados para recebermos os contatos, que podem demorar meses para acontecer. "Paciência e Dedicação", foi o primeiro conselho que recebemos do nosso comunicador e amigo do além, Roberto Gomes, da Estação Rio do Tempo (Timestream) e é o mesmo que recomendamos a todos que pretendem iniciar os contatos.
Nossos contatos se iniciaram em dezembro de 2012. Inicialmente, conseguimos contato com a Estação Central, que logo nos passou para a Estação Rio do Tempo. Devemos tentar sempre buscar o contato com alguma Estação ou Ponte, pois isso ajuda a tornar os contatos mais seguros e com menos interferências de entidades inferiores. Aos poucos, vai sendo criado um "campo de contato", que protege os contatos e ajuda a melhorar a qualidade dos áudios e imagens. Logo, descobrimos os nossos contatos do outro lado, Roberto Gomes e Ana Luiza (espíritos),que se mantém fixos até o presente momento. É também através deles, que os contatos com os nossos queridos no além acontecem. Porém, esses contatos nem sempre são possíveis e dependem muito da condição do espírito após a sua passagem.
Para iniciar qualquer pesquisa através da TCI é recomendável que os pesquisadores estudem os livros sobre TCI e sobre o mundo espiritual, para terem uma melhor noção de como é a vida no além e do que possivelmente vão experimentar quando iniciarem suas pesquisas. Devemos lembrar sempre que os indivíduos mantém  as características de   sua personalidade quando encarnados após fazerem a sua passagem para o além, portanto devemos tomar todo o cuidado e não acreditar cegamente em tudo o que nos é transmitido. Devemos  prestar muita atenção ao conteúdo das mensagens. Nossas comunicações dependem muito de nossa sintonia pessoal, de como conduzimos nossas vidas e relacionamentos, nosso caráter e equilíbrio e isso é muito mais importante do que os equipamentos utilizados. Isso determina quem vamos atrair como entidades comunicantes. Não podemos nos esquecer, que eles nos vêem e nos ouvem, incluindo os nossos pensamentos. O motivo de fazer a TCI é um outro fator muito importante. O objetivo da TCI é em primeiro lugar, passar a mensagem de que a morte não existe e de que a vida continua, que nossos queridos estão vivos, nos amam e que iremos nos reencontrar em algum momento, o que traz conforto aos familiares que ficam na Terra. As mensagens que nos são transmitidas também trazem muito crescimento pessoal, individual e acabam mudando nosso modo de ver a vida na Terra. É um modo de despertar a consciência, rever os valores pessoais. A TCI deve ser objeto de estudo e pesquisa, mas sempre com muita seriedade e respeito, nunca como uma brincadeira ou por motivos fúteis e egoístas.
Nós, Adriana e Simone, somos imensamente gratas aos nossos amigos da Estação Rio do Tempo, pelo carinho, dedicação e confiança. Esperamos poder corresponder com responsabilidade a missão que nos foi confiada.

© 2023 by Artist Corner. Proudly created with Wix.com